Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Personal | Dobby, my cat

por A Girl in Mint Green, em 17.12.14

 

 

Copy of LONDRES (3).png

O post de hoje é um pouco diferente do habitual, mas apeteceu-me partilhar com vocês um pouco mais sobre o meu animal de estimação. Quem segue o meu instagram já deve estar habituado a ver imeeensas fotos do meu gato, o Dobby. Aproveito para explicar já a origem do nome. Para quem é fã da saga Harry Potter, sabe bem que o Dobby é uma das personagens, mais concretamente um elfo. O meu gato ficou com esse nome, não só por eu adorar Harry Potter mas também porque ele, quando era pequenino, tinha umas orelhas muito grandes comparativamente com o resto do corpo. De certa forma, fazia-me lembrar a fisionomia de um elfo, que também tem as orelhas bastante grandes. Felizmente, com o seu crescimento, a coisa normalizou mas não se livrou de ter um nome todo nerd.

O Dobby chegou à família numa fase bastante inesperada. Eu já andava a pedir um gato há anos e anos, mas sempre me negavam esse gosto. Sou uma cat person e sempre cresci no meio de gatos. Não posso ver um, derreto-me toda. E quando mudei de casa, nunca mais pude ter um. Até que um dia, estava eu tranquilamente no meu sofá, e chega a minha mãe e diz:

 

-"Queres ir buscar um gato?"

- "Ah? Gato? Para quê?"

- "Para nós, para quem havia de ser?"

 

Nem hesitei, antes que ela mudasse de ideias, lá fui eu! Fomos buscar o Dobby a casa de uma amiga da nossa família. Essa pessoa faz um trabalho incrível com alguns animais da cidade do Porto. Tem uma colónia de gatos de rua, onde os alimenta diáriamente, esteriliza e assegura todos os cuidados veterinários que eles necessitam. É uma pessoa sem grandes possibilidades financeiras e ainda assim dá o que tem aos bichinhos. Quando conheci esse seu trabalho fiquei bastante comovida e agora também eu ajudo mensalmente com ração para esses gatos de rua (se também vocês quiserem contribuir com algo para ajudar esses gatinhos, por favor falem comigo, somos muito gratas :) ). Voltando ao Dobby... essa nossa amiga tinha apanhado o Dobby e o seu irmão num terreno imundo, cheio de lixo. Impossível não acolher um animal assim. Levou-os logo para casa e procurou arranjar donos para eles. Falou com a minha mãe, ela ficou logo com coração mole com toda essa história...

E foi assim que ficamos com o Dobby! Está na nossa casa há cerca de 2 anos e é um gatinho muito saudável, brincalhão e feliz :)

10302175_864181120277071_4066251306388804166_n.jpg

 

10557257_865327550162428_3840947136744374611_n.jpg

 

10362582_886942501334266_3107338147765944549_n.jpg

E volto a repetir... Se tiverem possibilidade e quiserem ajudar um grupo de gatos de rua da cidade do Porto, nem que seja com uma pequena contribuição, falem comigo :) toda a ajuda é bem vinda! Obrigada.

Events | Peluches para Educação

por A Girl in Mint Green, em 05.12.14

9StoreSign2-870x490.jpg

Dezembro é sem dúvida um mês solidário! Aproxima-se o Natal e os corações ficam cada vez mais moles... Não devia ser só no Natal, pois a solidariedade e a ajuda ao próximo devia acontecer nos 365 dias do ano. Mas a verdade é que, no geral, as pessoas chegam ao final do ano e deixam-se contagiar pelo espírito natalício, que nos transmite uma maior generosidade.

Hoje venho falar-vos de uma campanha que está a decorrer no IKEA, em parceria com a UNICEF e a Save the Children. Esta chama-se "Peluches para a Educação" e tem como objectivo angariar fundos para apoiar projectos educativos, para que um maior número de crianças possa obter a educação que merece. Por cada peluche ou livro educativo comprado, o IKEA doa 1 euro para esta causa. É muito fácil de ajudar e têm até ao dia 3 de Janeiro de 2015 para o fazer! Não existem desculpas para não participar nesta campanha. Em primeiro lugar, os peluches do IKEA são mesmo muito giros, super fofinhos! Por outro lado, podem sempre aproveitar para oferecer estes peluches ou livros neste Natal, já pensaram? 

 

Por acaso hoje à noite devo ir ao Mar Shopping, onde existe uma loja IKEA. Vou já dar a minha contribuição :)

 

 

Events | Dia Mundial da Luta Contra a Sida

por A Girl in Mint Green, em 01.12.14

 

aids.png

 Dezembro começa com um dia de consciencialização muito importante, que é o Dia Mundial da Luta Contra a Sida. Este é um assunto que dispensa apresentações. No entanto, apesar de estarmos no século XXI e haver imensa informação sobre a prevenção, a SIDA é ainda um problema muito grande em determinados países, sendo África o continente mais afectado. Este dia tem como objectivo lembrar todas as vítimas que faleceram ou estão infectadas por esta doença, bem como alertar para a prevenção e para a descriminação social que existe em relação aos portadores do vírus HIV.

Para quem é do Porto, no dia de hoje estão a fazer rastreios do HIV, com unidades móveis situadas na Baixa, mais precisamente na Praça dos Leões. O rastreio é algo fundamental, pois achamos muitas vezes que os problemas só acontecem aos outros e quando menos esperamos, eles batem-nos à porta. 

Alimenta um animal com um clique!

por A Girl in Mint Green, em 14.06.14

Com a chegada do Verão, aumenta o número de animais abandonados e com necessidade de um novo dono que trate deles. É uma coisa que me entristece seriamente. Se não podem ter um animal, ou porque não estão muito tempo em casa ou não têm capacidade financeira, não tenham. Ponto final. Mais vale não ter do que depois ter a atitude cobarde de abandonar. Mas o Homem prefere ser egoísta, usufruindo da alegria de ter um animal enquanto quer e depois descartar-se das suas responsabilidades. O que muitas vezes acontece é que estes bichinhos acabam por ser acolhidos por instituições que os ajudam e protegem. No entanto, são tantos os animais abandonados que estas instituições acabam por não ter capacidade de sustentar todos eles. 

Para tentar ajudar nesta situação, a OLX junta-se novamente a quatro associações de apoio a animais e cria o "Alimente com o OLX".

 

 

Esta iniciativa já conta com quatro edições e pretente alimentar e adoptar animais que se encontram a cargo destas associações. Para isso, basta irmos ao site do OLX e na categoria "Animais", que durante esta iniciativa tem o botão "Alimente com o OLX" (botão com a imagem de um cão, gato e uma taça de comida). Este botão abre uma página com todos os animais que podem ser adoptados e alimentados. Para alimentar, basta carregar no botão "alimente". E pronto, deram a vossa contribuição para a alimentação desse animal. Podem repetir o processo para os animais que quiserem! Caso queiras adoptar um animal, basta carregar no botão de "enviar email" e entrarás em contacto directo com a instituição, que tratará do processo. Mesmo simples, não é? Quantas vezes estamos em frente ao computador a perder o nosso tempo com coisas sem importância? Pois bem, agora temos algo para ocupar o nosso tempo e ao mesmo tempo ajudar os animais que precisam!  

Na edição anterior (2013), esta iniciativa permitiu angariar 9.4 toneladas de comida e a adopção de 18 animais. Este ano vamos tentar aumentar estes números!

 

Aproveitem o fim de semana e algum do vosso tempo livre para ajudar esta causa. Não custa nada, é só clicar ;)

 

Bom fim de semana!

 

Catarina C.

BSA: Banco de Sangue Animal

por A Girl in Mint Green, em 20.05.14

Hoje venho alertar-vos para uma causa que a maior parte das pessoas não tem a noção, mesmo aquelas que têm animais de estimação. Vamos então imaginar o seguinte: o vosso bichinho fica gravemente doente e precisa de uma transfusão de sangue. Sem essa transfusão, ele morre. Claro que não hesitam e querem que ele receba essa transfusão. Mas de onde vem o sangue que ele vai receber? Nos Humanos, sabemos que existe um Banco de Sangue e, em princípio, teremos o sangue que precisamos sem problema. Mas para os animais? 

Tenho a dizer-vos que também existe um Banco de Sangue Animal. Mas quem são dadores? Quem vai assegurar que os nossos bichinhos vão ter sempre disponível o sangue precisam? Pois bem, a resposta é simples: os nossos próprios animais. 

 

 

Tal como acontece nos Humanos, gatos e cães saudáveis podem ser solidários e ajudar os outros animais, doando o seu sangue de vez em quando. Assim sendo, se os nossos animais de estimação estiverem bem de saúde, podemos registá-los como dadores e assegurar que podem ajudar a salvar vidas. Quem sabe se um dia não será a deles a ser salva!

Ser dador de sangue também traz vantagens para os nossos bichinhos. Além de serem solidários, estes são submetidos a testes de rastreio para se comprovar que estão aptos a doar sangue. E estes testes são totalmente gratuitos! Os testes de rastreio envolvem exames físicos, análises bioquímicos e análises a doenças infecciosas, como a sida e a leucemia. No meu caso, o meu gato é dador e fez o rastreio para a sida felina (FIV) e leucemia felina (FELV). É um teste um pouco dispendioso e confirmamos que ele não tem nenhuma destas doenças, de uma forma totalmente gratuita. Também já soube de um caso mais triste, em que um gatinho preparava-se para ser dador, mas no rastreio descobriu que tem sida e já não pôde doar. Se esse gatinho não tivesse ido ao Banco de Sangue, não se teria diagnosticado a doença tão cedo e tomado a devidas precauções a tempo e horas. O mais provável era ter contaminado outros gatos que vivem com ele. 

 

 

Podem ver todas a vantagens de ser dador aqui. Claro que as vantagens de o vosso animal ser dador são imensas e podem atrair muitas pessoas apenas pelo facto da desparasitação e testes de rastreio serem gratuitos. Os tempos estão difíceis e todos nós queremos poupar algum dinheiro. Mas não se esqueçam que mais do que isso, devemos ser solidários e ser dador é um comprimisso. Temos de nos comprometer que os nossos animais vão doar sangue sempre que é necessário. Não podemos abandonar o nosso comprimisso a meio, porque algures algum animal vai precisar de sangue não vai ter. E um dia pode ser o vosso!

 

Sejam solidários e registem os vossos bichinhos como dadores de sangue :)

 

Catarina C.

 

 

 


Blogger






Pinterest