Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




SciSkin | Tratamento capilar anti-queda

por A Girl in Mint Green, em 08.06.14

Hoje temos o primeiro post da rubrica SciSkin e venho falar-vos da minha rotina capilar actual. Foi-me diagnosticada Alopécia Androgénica durante a adolescência, pelo que o meu cabelo requer um tratamento especial. Para quem não sabe, a Alopécia Androgénica, também denominada de calvície masculina, é uma doença de origem genética na qual os cabelos são mais sensíveis, tornando-se mais finos e acabando por cair. A doença pode mesmo atingir um estado de evolução em que o cabelo não voltará mais a nascer. Esta doença é frequentemente verificada nos homens mas pode também atingir as mulheres. E porque é que isso acontece? Tal como o próprio nome indica, existe um disturbio hormonal associado à testosterona, a hormoma masculina (andro=homem). O que ocorre é que uma enzima com um nome chato como tudo (não vos vou aborrecer muito) converte a testosterona em dihidrotestosterona (DHT). Esta DHT activa as glândulas sebáceas para estas produzirem cabelo e couro cabeludo oleosos. Para além disso, esta também reduz os folículos capilares, tornando as membranas do couro cabeludo mais rígidas. A presença de uma estrutura folicular mais reduzida vai dar origem a cabelos novos mais finos e fracos. 

Quando me foi diagnosticado este problema, comecei a tomar alguma medicação. Confesso que a medicação me ajudou a controlar a queda na fase critica do desenvolvimentoa da doença, quando a queda de cabelo começou em força. Mas continuei a tomar durante 7 anos e notei que numa certa altura, a medicação deixou de ter efeito. Pior que isso, fui fazer análises e tinha o fígado numa lástima, como valores elevadíssimos. Decidi que não valia mais a pena continuar a tomar a medicação. Não ia continuar a arriscar assim a minha saúde, ainda por cima com uma medicação que estava a revelar-se pouco eficaz. Então decidi voltar-me para os produtos de aplicação tópica e a para os suplementos alimentares mais naturais.

 

 

 

 

Uma pessoa da minha família recomendou-me o champô da L'oreal Professionnel Density Advance da série Expert e as respectivas ampolas com Aminexil e Ómega 6. A minha mãe, que sofre do mesmo problema, começou a tomar suplemento de biotina e aconselhou-me a experimentar também. Vejamos então como actuam estes produtos.

 

1. Champô Density Advanced da L'oreal. Este produto contém ómega 6, vitamina B3 e B6. 

 

- Ómega 6: a maior parte já deve ter ouvido falar do ómega 6 como sendo um dos ácidos gordos importantes na nossa dieta. Um exemplo dos efeitos deste ácido gordo é a diminuição dos níveis de colesterol, mantendo o sistema cardiovascular saudável. Já a nível capilar, o ómega 6 vai estimular a microcirculação na raíz do cabelo e portanto estimular o seu crescimento. Ao actuar na raíz do cabelo, este confere também densidade e vigor aos cabelos que estão mais finos e fragilizados. 

 

- Vitamina B3 e B6: As vitaminas do complexo B são fundamentais para o desenvolvimento e manutenção do corpo, estando presentes numa grande diversidade de alimentos. A vitamina B3 actua no metabolismo dos alimentos, mandendo saudáveis a pele, os nervos e trato gastrointestinal. Já a vitamina B6 está envolvida no processo de degradação dos carboidratos, proteínas e gorduras, e também na produção de glóbulos vermelhos. Relativamente à sua actuação no cabelo, a vitamina B3 aumenta a circulação sanguínea, o que estimula o crescimento capilar. A vitamina B6 actua na produção de melanina (que determina a cor do cabelo). Por outro lado, ao estimular a produção de glóbulos vermelhos (células que transportam oxigénio), vai haver mais oxigénio em todo o corpo, o que inclui o cabelo. Zonas devidamente oxigenadas possuem uma maior vitalidade.

 

Estou a adorar este champô! Deixa o cabelo muito suave e bastante mais denso. Está mais fortalecido, mais espesso e com ar mais saúdavel. Neste momento estou a usá-lo como complemento das ampolas de aminexil, mas quando acabar o tratamento, penso que vou continuar a usar este champô.

 

2. Ampolas Aminexil Advanced da L'oreal. Este produto contém igualmente ómega 6 e ainda aminexil.

 

- Aminexil: este composto químico tem sido cada vez mais usando em produtos para tratamento de queda de cabelo. Estudos demonstram que o aminexil impede o endurecimento do eixo do cabelo e a acumulação de colagénio em redor dele, o que faz com que esse se torne mais forte e não caia com tanta facilidade. Em casos de estados avançados de queda capilar, como o caso da Alopécia Androgénica, há alguma controversia na eficácia deste composto em impedir a queda. Quando acabar o tratamento logo vos digo o efeito!

 

3. Suplemento alimentar de Biotina da Solgar

 

- Biotina: também conhecida como vitamina B7, a biotina promove o crescimento do cabelo, aumentando a sua elasticidade e impedindo que este se torne seco. Para além disso, aumenta também a espessura do fio de cabelo, o que dá sensação de uma cabeleira mais farta. A biotina é muito conhecida não só pela sua acção no fortelecimento do cabelo, mas também das unhas. 

 

Tomo uma cápsula de biotina por dia há cerca de 2 meses, sendo que o tempo mínimo para evidenciar resultados concretos é de 3 meses. No entanto, noto que o meu cabelo está mais espesso e também me cai em menor quantidade.

 

Esta é a minha rotina actual para reduzir a queda de cabelo que se verifica na Primavera, sendo que no meu caso é agravada por causa da alopécia. Sei que escrevi um grande "testamento", mas espero que tenham gostado do meu primeiro post da rubrica SciSkin.

 

Obrigada por lerem e desejo-vos uma boa semana :)

 

Catarina C.



 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Blogger




Instagram


Parcerias





Bloglovin'


Pinterest